Reflexões

  • DEUS PODE RENOVAR AS SUAS FORÇAS....

    Quando lemos Isaías 40. 12-31, vemos Deus, a fim de fundamentar sua Palavra, faz uma autodescrição, ou seja, mostra ao homem quem Ele é.

                Nesse ato de autodescrição Deus se revela em relação ao Universo (Isaías 40. 12,22,26); a sociedade humana (Isaías 40. 15-17); reis, príncipes, presidentes e homens poderosos da terra( Isaías 40. 23,24); aos deuses dos povos(Isaías 40. 18-20); sua total independência como Criador (Isaías 40. 13,14).

  • Da Murmuração à Confiança em Deus!

    Tem gente que vê dificuldade em tudo, só dá contra, e diz: “eu sou realista”. O que você acha desta atitude? . Em I Coríntios 10, Paulo relembra alguns pecados cometidos por Israel, no deserto, e as consequências da infidelidade, no versículo 10 ele faz a seguinte advertência: “Nem murmureis, como alguns deles murmuraram e foram destruídos pelo exterminador”. Este versículo é uma referencia ao episódio narrado no livro de Números 14, quando os filhos de Israel foram duramente castigados pelo Senhor , por causa da murmuração.

  • Cresça E Apareça...

    Cresça e apareça! Quem nunca ouviu essa frase quando era adolescente? Tenho certeza que quase todos que estão lendo essa pastoral... E nestes dias eu tenho sentido isso fortemente, é tempo de AMADURECER o nosso relacionamento com Deus. Ou Ele é tudo no nossa vida, ou Ele não é nada.
    Não importa a idade que você tenha, esse é o tempo que Deus tem te chamado para iniciar uma revolução onde quer que você esteja e se posicionar como HOMEM e MULHER de Deus, e dizer: a vida de Cristo chegou neste lugar!

  • Contentamento

    Contentamento não resulta de posse ou de desempenho. Contentamento brota dentro da gente e vem da virtude de saber distinguir entre necessidade e desejo. Satisfação ou insatisfação tem a ver com a força da inveja. Desejo mimético, cobiça do que o outro é e possui, se tornará ou não responsável pela aflição do descontentamento. Daí o dicionário definir contentamento como a experiência de estar alegre e não desejar mais do que se tem.

  • Angústia como possibilidade de Esperança

    “Na minha angústia, clamei ao Senhor, e ele me respondeu; do ventre do abismo, gritei, e tu me ouviste a voz”.Jonas 2.2

          O livro de Jonas desperta o nosso imaginário, pois, a sua história é uma oportunidade de nos interrogarmos sobre nossa missão, nossa vocação. Sobre o que cada um de nós tem de particular e único. Leva-nos a interrogarmos o que temos de fazer nesta vida, que ninguém pode fazer em nosso lugar.

  • A voz de Deus nos acontecimentos

    Há inúmeras situações na vida em que temos a sensação de que estamos ancorados num porto de indecisões e incertezas.

                E definitivamente, não sabemos a direção e o rumo que devemos tomar. E não raramente nos sentimos perdidos, desorientados, sem direção, sem rumo, e totalmente incapacitados para discernir e perceber a voz de Deus em tais circunstâncias. Convivemos com a percepção de que a nossa vida pode desembocar em diferentes destinos.

  • ORE ATÉ QUE VOCÊ CONSIGA ORAR

    PARE E PENSE...

    ORE ATÉ QUE VOCÊ CONSIGA ORAR

                    Coisas surpreendentes começam a acontecer quando começamos a orar. O tempo despendido em oração nunca é tempo desperdiçado. Charles Spurgeon ensinou: “Algumas vezes pensamos estar ocupados demais para orar. Isso é um erro, pois orar é poupar tempo.” A. J. Gordon acrescentou: “Você pode fazer mais do que orar depois que já tiver orado, mas não pode fazer mais do que orar até que tenha orado”.

  • A CRISE REVELA QUEM SOMOS

    Crise, hoje, se tornou palavra da moda nas palestras e nos livros de autoajuda. Invadiu também os púlpitos cristãos, quase sempre com o mesmo foco dado pelo mundo: tornar pessoas (crentes?) em mega-vencedores. Mas, aqui, quero dar ênfase à forma de ver a crise, de acordo com a Palavra de Deus, utilizando-me da experiência de Elias, descrita em I Reis: 17-24.

  • A Batalha pelo Sucesso

    Em 25 de junho de 2009 o mundo parou para lamentar a morte de um artista famoso, um homem considerado como alguém de grande sucesso: Michael Jackson. Quando analisamos, entretanto, a vida desse homem; seus hábitos, seus relacionamentos e suas dependências químicas, dá vontade de chorar. Se é isso que a sociedade chama de sucesso, então eu creio que é melhor ser um fracasso.

Páginas